exclusivo sócios

Regulamento

Artigo 1°

A Secção de Cirurgia da Mão da Sociedade das Ciências Médicas de Lisboa é uma agremiação fundada em 12 de Março de 1968, com os seguintes objectivos:

  1. Estreitar os laços de confraternização entre os seus associados e estimular o estudo da respectiva especialidade;
  2. Facilitar o intercâmbio com sociedades congéneres;
  3. Fazer-se representar, por intermédio dos seus membros, em instituições, congressos e conferências científicas nacionais e estrangeiras;
  4. Organizar cursos, conferências, congressos, exposições ou outras actividades relacionadas exclusivamente com a especialidade, de acordo com a Direcção da Sociedade das Ciências Médicas de Lisboa;
  5. Propor à Sociedade das Ciências Médica de Lisboa a concessão de bolsas de estudo ou de prémios privativos da Secção, a trabalhos apresentados nas suas reuniões científicas.

Artigo 2°

A Secção é constituída por sócios da Sociedade de Ciências Médicas de Lisboa, nos termos do capítulo III do Regulamento Interno da Sociedade, distribuídos pelas classes:

  1. Sócios titulares – Os sócios que praticam a especialidade e os cultores de qualquer ramo de ciências afins, desde que sejam sócios da Sociedade das Ciências Médicas de Lisboa, expressem esse desejo e sejam eleitos em Assembleia Geral da Secção. Os sócios titulares que subscrevem a proposta à Sociedade das Ciências Médicas de Lisboa para criação da Secção e aqueles que à data da sessão inaugural a Direcção entender classificar como tais, são considerados sócios fundadores; serão sócios titulares efectivos aqueles sócios que sejam cirurgiões plásticos ou ortopedistas; serão sócios titulares associados os restantes.
  2. Sócios correspondentes – São aqueles que residem fora do continente ou no estrangeiros, assim como os profissionais estrangeiros não residentes em Portugal, que sejam propostos e eleitos na Assembleia Geral.
  3. Sócios agregados – São aqueles sócios, nacionais ou estrangeiros, que não sendo médicos cultivam qualquer ramo de ciências afins.
  4. Sócios honorários – São os sócios pertencentes a qualquer das três anteriores classes, distintos pela sua notoriedade e os médicos estrangeiros nas mesmas condições que a Secção entenda premiar.
  5. Sócios beneméritos – Os sócios de qualquer das citadas categorias e os indivíduos ou instituições que tenham contribuído com benefícios para a Secção, considerados dignos desta distinção, quando propostos pela Direcção da Secção e eleitos pela Assembleia Geral da Secção, após aprovação da Direcção da Sociedade.

Artigo 3°

A admissão de novos membros obedece às seguintes normas:

  1. a. Os sócios titulares, correspondentes e agregados nacionais, são propostos por sócios titulares da Secção no uso dos seus direitos e, depois de aprovados pela Direcção, são sujeitos à votação na primeira Assembleia Geral que se efectuar depois da dita aprovação;
  2. b. A admissão para as classes correspondentes e agregados estrangeiros e de honorários e beneméritos é proposta pela Secção à Direcção da Sociedade das Ciências Médicas de Lisboa, que procederá nos termos do artigo 6º e seus parágrafos do Regulamento Interno da Sociedade.
Ler mais

Ser sócio

Se é profissional da área, conheça aqui as condições de adesão, vantagens e valores das cotas para se tornar sócio da Sociedade Portuguesa de Cirurgia da Mão. Ler mais

Procurar médico

Pesquise aqui o seu Médico, por nome ou região. Ler mais

Congressos

A SPOCMA disponibiliza neste site os Eventos e Congressos relacionados com a temática da Mão. Consulte as próximas datas. Ler mais